Niterói 2019 | 4-10 Abril

Os filmes a seguir foram selecionados para o Filmambiente em Niterói.

Quase todos desenvolvem seu tema em torno da água – Seja como um mar a ultrapassar, para uma vida melhor, como o espanhol Astral; ou o fundo do mar, do nacional Baia Urbana. Receptáculo de adoração ou condutora de espiritualidade, como o americano Rio Sagrado (des) Sacralizado.

Podem ainda tratar de gênero, como o sensível e forte filme mexicano, O Moinho. A Amazônia, maior concentração de água potável do planeta, está na produção americana Muito Além de Fordlândia, que mostra a aventura de Henry Ford na região, nos anos 1930, para chegar à atual devastação causada pela soja, e também nos brasileiros Amazônia, o despertar da florestania, que nos recorda as lutas e os bravos guerreiros que as empreenderam, para que a Amazônia conserve suas matas, águas e povos, e O Jabuti e a Anta, que investiga as faraônicas obras de reservatórios na região da floresta Amazônica. E será ainda possível ver a triste realidade de um atol no Pacífico, que vai desaparecer devido ao aquecimento global, levando para o fundo do mar uma cultural milenar, em A Arca de Anote.

O único longa que não trata diretamente da água, Ponto sem Volta, atravessa rios, mares e oceanos para provar que é possível voar e sonhar, usando energia limpa e renovável.

Enfim, uma grande diversidade de assuntos, todos fundamentais nos dias atuais.