Filmambiente 2014 - Vencedores

Os filmes premiados em 2014 foram:


Menção Especial 1: Deserto Verde – 2013 | Argentina | Doc | 83 min | Ulisses de La Orden
para o juri – UM FILME DESPRETENCIOSO E SIMPLES, COMO AS MÃES QUE PROCURAM JUSTIÇA E, COMO ELAS, TEM A IMENSA BELEZA DE SER CORRETO, HONESTO E ACREDITAR NA ORGANIZAÇÃO DAS PESSOAS E DO CONHECIMENTO PARA FAZER A JUSTIÇA PREVALECER. NO NOSSO MUNDO ULTRACONECTADO, TEMOS ACESSO A ESTAS VERDADES. A MAIORIA DE NÓS VÊ, LÊ E SEGUE EM FRENTE. O FILME JUNTA ESSAS INFORMAÇÕES E A GENTE QUE SOFRE AS CONSEQUÊNCIAS. IMPOSSIVEL IGNORAR.

Menção Especial 2: Virunga – 2014 | Reino Unido | Doc | 90 min | Orlando von Einsiedel
para o juri – O FILME TEM TODOS OS ELEMENTOS DE UM FILME DE AÇÃO. DRAMÁTICO, EMOCIONANTE, BONITO. UMA TRAMA DE INTRIGA INTERNACIONAL, JOGO DE PODER, VIOLÊNCIA BRUTAL. MAS É UMA HISTÓRIA REAL, QUE SÓ PODE SER CONTADA PELA CORAGEM DE PERSONAGENS QUE ENFRENTARAM ESTAS FORÇAS. VENDO VIRUNGA, NOS IDENTIFICAMOS COM AS VÍTIMAS INOCENTES DESSE CONFLITO – NÓS SOMOS OS GORILAS, NÓS SOMOS OS CONGOLESES EXPULSOS DE SUAS TERRAS.

Melhor Filme: Bidder 70 2012 | USA | Doc | 73 min | George Gage
para o juri – O FILME NOS CONDUZIU NA HISTÓRIA DE UM PERSONAGEM COM TODAS AS CARACTERÍSTICAS DO HERÓI CLASSICO: UM JOVEM DISPOSTO A FAZER UM IMENSO SACRIFÍCIO PELO BEM COMUM, PARA DEFENDER O QUE É CERTO, CONTRA UM INIMIGO PODERESO. ASSIM, REVELOU COMO A CORAGEM DE UM INDIVÍDUO SE TORNOU EXEMPLO DO DIREITO À RESISTÊNCIA, À DESOBEDIÊNCIA CIVIL, SEMEANDO INSPIRAÇÃO E ESPERANÇA.

Escolha do Público: Virunga – 2014 | Reino Unido | Doc | 90 min | Orlando von Einsiedel
Com 79,27% dos votos.

 

Prêmios de Curta Metragem

Menção Especial 1: Sombra da Àrvore 2013 | República da Tanzânia | Fic | 10min | Biju Viswanath
para o juri – POR SER UM FILME QUE DEVOLVE A ESPERANÇA AO ESPECTADOR, AO MOSTRAR UMA AMIZADE IMPROVÁVEL VAI PARA O FILME DA REPÚBLICA DA TANZÂNIA, A PRIMEIRA MENÇÃO ESPECIAL

Menção Especial 2: Payada Pa` Satán 2013 | Argentina | Anim | 7min30 | Carlos Balseiro
para o juri – POIS COM RIGOR NARRATIVO E CUIDADO ESTÉTICO INTERPRETA UMA GRAVE QUESTÃO AMBIENTAL À PARTIR DO IMAGINÁRIO POPULAR.

Melhor Curta: O Barril 2013 | UK, Venezuela, Rep Dominicana | Doc | 11min | Annabel Rodríguez
para o jrui – PELA ORIGINALIDADE DO ROTEIRO E DIREÇÃO PRIMOROSA, QUE REVELA UM PERSONAGEM APAIXONANTE, EM MEIO ÀS CONTRADIÇÕES DE UMA VENEZUELA DIVIDIDA ENTRE AS RIQUEZAS DO PETROLEO E A POBREZA DE UMA COMUNIDADE RIBEIRINHA.

O júri internacional de longa metragem foi composto por: Carlos Teófilo (português, diretor do Cine’Eco festival ), Gustavo Ballesté (mexicano, diretor do CinemaPlaneta festival), Christophe Vauthey (cineasta e escritor suíço), Sonia Bridi (jornalista brasileira), Tania Alves (atriz brasileira)

O juri de curta metragem foi composto por Noale Toja (professora OI Kabun), Lana Lo Bianco (estudante cinema), Aline Cavalcanti (cineasta)